15 Janeiro 2009

Metanfetaminas

A metanfetamina ainda não é uma droga muito comum na Europa mas é uma das mais consumidas em países como os Estados Unidos, Japão e Brasil. É normalmente chamada ice, cristal, speed e meth. Da família das anfetaminas, esta droga é um poderoso estimulante que provoca euforia, aumento do estado de alerta e da auto-estima, diminuição do apetite e da fadiga.

Um dos principais motivos da sua rápida disseminação em países como os Estados Unidos deve-se ao facto de ser uma droga relativamente barata e ter efeito durante mais tempo, até cerca de 12 horas.

O baixo preço da metanfetamina deve-se ao facto desta ser muitas vezes sintetizada em laboratórios caseiros. A maioria dos químicos necessários são acessíveis a qualquer um e a síntese é relativamente simples de fazer, por alguém com conhecimentos de química.


Imagem de DEA - U.S. Drug Enforcement Agency em http://a.abcnews.com/WNT/popup?id=2690438


Um dos principais problemas da metanfetamina nos EUA são os laboratórios clandestinos, muitas vezes descobertos por causa de explosões causadas por acidentes com os químicos muitas vezes corrosivos e altamente inflamáveis.



Ricos para a Saúde e problemas associados ao consumo:


. stress cardiovascular – aumento dos batimentos cardíacos e pressão sanguínea, taquicardia e palpitações;

. doses elevadas aumenta o risco de ataque cardíaco e AVC;

. aumento da temperatura corporal, hipertermia, pode ser perigoso em certos ambientes e pessoas vulneráveis;

. é muito frequente dificuldades em dormir, levando até a períodos de privação de sono;

. a privação de sono leva a confusão cognitiva, confusão, alucinações e paranóia, falta de noção do perigo e de capacidade de tomar decisões, incapacidade de conduzir;

. a diminuição do apetite leva com o tempo a problemas de saúde como anorexia, anemia, stress físico e mental, problemas de saúde oral;

. um efeitos mais visíveis nos consumidores de metanfetamina são os problemas nos dentes e gengivas, perda de dentes, dentes podres, gengivas inflamadas;



. a paranóia associada a alucinações é comum no uso de metanfetamina mesmo em utilizadores sazonais. O uso continuo e crónico desta droga pode levar a problemas de saúde mental a longo prazo;

. em doses elevadas causa dano nos neurónios de serotonina e dopamina e o uso prolongado desta droga conduz a evidentes problemas neurológicos e comportamentais;

. a metanfetamina em doses elevadas causa sobre aquecimento e estimulação ao ponto de conduzir a danos nos rins;

. causa dependência;

. o uso regular leva à necessidade constante de tomar doses mais elevadas e mais frequentes para ter efeitos idênticos aos iniciais


NUNCA tomar nenhum tipo de anfetaminas se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente medicamentos inibidores da MAO (por exemplo alguns antidepressivos).




1 comentário:

  1. excelente post, esta é a droga mais tóxica do mercado

    ResponderEliminar